Facebook incentiva usuário a sinalizar se é doador de órgãos

terça-feira, 1 de maio de 2012 17:27 BRT
 

Por Julie Steenhuysen

CHICAGO, 1 Mai (Reuters) - Cansado de uma longa espera por um novo rim, Michael Shelling, consultor de marketing de jogos de vídeo games de 50 anos, decidiu assumir um papel mais ativo em sua busca.

Cerca de três meses atrás, ele decidiu usar sua rede social, por meio de uma página na Facebook para falar com seus amigos e os contatos deles que precisa de um novo rim e que, por sinal, seu tipo sanguíneo é O.

A procura pode ter valido a pena. Um potencial doador está realizando testes para saber se ambos são compatíveis.

Este é o tipo de cenário que o Facebook espera promover. O fundador Mark Zuckerberg e a vice-presidente de operações Sheryl Sandberg enviaram mensagens nesta terça-feira encorajando os usuários da rede social -mais de 900 milhões- para falar se são doadores de órgãos e exibir a informação em suas páginas pessoais.

"Nós achamos que as pessoas realmente podem contribuir para difundir a doação de órgãos e que querem participar disso com seus amigos, e pensamos que isso pode ser uma grande coisa para resolver a crise", disse Zuckerberg no programa de TV da ABC "Good Morning America" nesta terça-feira.

(Com reportagem adicional de Nicola Leske e Lisa Baertlein)