Buffett não compraria Google nem Apple, prefere IBM

sábado, 5 de maio de 2012 17:23 BRT
 

OMAHA, EUA, 5 Mai (Reuters) - Warren Buffett disse neste sábado que não iria comprar ações das gigantes de tecnologia Apple ou Google, mas que não as subestimaria, e disse que a International Business Machines Corp. (IBM) é um investimento melhor para sua empresa, a Berkshire Hathaway.

"Não ficaria de modo algum surpreso em vê-las valendo muito dinheiro daqui a dez anos, mas eu não compraria nenhuma delas", disse Buffett sobre a Apple e a Google na reunião anual de acionistas da Berkshire em Omaha, no Nebraska. "Eu, com certeza, também não as subestimaria".

Em contraste, a Berkshire no final do ano tinha 11,75 bilhões de dólares em ações da IBM, sua segunda maior acionária.

"As chances de estar totalmente errado na IBM são provavelmente menores, pelo menos para nós, do que as chances de estar totalmente errado na Google ou na Apple", disse Buffett.

A revelação de Buffett em novembro de que havia comprado ações da IBM surpreendeu muitos investidores, dada a sua aversão costumeira às ações de tecnologia. Mesmo no relatório anual da Berkshire, que lista os critérios para as aquisições, Buffett disse preferir "negócios simples (se há muita tecnologia, nós não entendemos)".

Buffett controla a maior parte do portfólio de investimento da Berkshire. Ele contratou dois gestores de portfólio, Todd Combs e Ted Weschler, para administrarem parte dos investimentos da Berkshire.