Lenovo abrirá centro de dispositivos móveis na China

segunda-feira, 7 de maio de 2012 08:33 BRT
 

XANGAI, 7 Mai (Reuters) - A Lenovo, segunda maior fabricante de computadores pessoais do mundo em vendas, disse nesta segunda-feira que investirá cerca de 5 bilhões de iuans (793 milhões de dólares) nos próximos cinco anos em uma unidade integrada de dispositivos móveis na China, a fim de atender à crescente demanda global por smartphones e tablets.

A Base Industrial Lenovo, localizada na cidade de Wuhan, província central de Hubei, realizará pesquisa e desenvolvimento, produção e venda de dispositivos móveis, como os smartphones LePhone e os tablets LePad, para a China e o mercado global.

O centro deve iniciar as operações em outubro de 2013, disse a Lenovo em um comunicado por e-mail.

A Lenovo, uma das marcas mais conhecidas por consumidores na China, tem tentado ingressar no crescente mercado de dispositivos móveis, em que compete com Apple, Huawei Technologies , Samsung Electronics e ZTE.

A companhia informou que as vendas da base industrial foram projetadas para alcançar 10 bilhões de iuans em 2014, e crescer para 50 bilhões de iuan nos cinco anos seguintes.

No trimestre fiscal terminado em dezembro, a Lenovo vendeu globalmente 400 mil tablets e 6,5 milhões de dispositivos móveis, incluindo smartphones, disseram executivos em 3 de março. A Lenovo é a segunda marca de tablets na China atrás da Apple.

(Por Melanie Lee)