Diretora não poderá reeleger-se ao conselho do Yahoo

terça-feira, 8 de maio de 2012 18:35 BRT
 

8 Mai (Reuters) - A diretora do Yahoo Patti Hart não se candidatará a reeleição ao conselho da companhia, disse uma fonte próxima ao assunto, no momento em que o conselho da empresa da Internet anunciou uma investigação das credenciais acadêmicas de seu novo presidente-executivo.

O conselho do Yahoo disse nesta terça-feira que compôs um comitê especial e contratou uma firma legal para inspecionar as credenciais acadêmicas do presidente-executivo da empresa, Scott Thompson, além de "fatos e circunstâncias relacionadas à inspeção conectadas à contratação de Thompson como presidente".

O comitê e as notícias de que Patti deixará o conselho marcam os desenvolvimentos mais significativos desde que emergiu a controvérsia a respeito da formação acadêmica de Thompson, na semana passada.

Na quinta-feira, o hedge fund Third Point, que está travando uma batalha com o Yahoo, revelou que Thompson não é formado em ciência da computação, ao contrário do que informam sua biografia oficial da companhia e documentos regulatórios registrados na reguladora de mercado Securities and Exchange Comission (SEC, na sigla em inglês).

O Yahoo reconheceu que Thompson não é graduado em ciência da computação, inicialmente identificando a discrepância como um "erro inadvertido". O Yahoo disse mais tarde que seu conselho de diretores investigará a questão.

Patti liderou o comitê de procura que contratou Scott Thompson, o então presidente da PayPal, ao cargo de presidente-executivo do Yahoo em janeiro.