T-Mobile USA recusa oferta de venda de espectros da Verizon

quinta-feira, 10 de maio de 2012 15:55 BRT
 

NOVA YORK, 10 Mai (Reuters) - O presidente-executivo da T-Mobile USA, Philipp Humm, disse que sua empresa não está interessada nos espectros de ondas wireless que sua maior rival, a Verizon Wireless, ofereceu vender.

A Verizon disse no mês passado que venderia espectros na faixa de frequência de 700 megahertz se reguladores norte-americanos aprovarem sua proposta de compra de espectros de prestadores de serviços de cabos por 3,9 bilhões de dólares, um acordo ao qual a T-Mobile USA se opôs fortemente.

Humm disse a jornalistas numa conference call nesta quinta-feira que os espectros que a Verizon Wireless ofereceu vender não são bons o suficiente para ajudar a T-Mobile USA.

"Para nós, esses espectros não são interessantes", disse Humm. Alguns dos espectros correm o risco de interferir com canais de televisão que ocupam blocos de espectro próximos, disse ele.

Os problemas com interferência "provavelmente demorarão de três a seis anos para serem resolvidos, se é que é possível encontrar uma solução", disse Humm, adicionando que o resto do espectro oferecido não abrange uma área ampla o suficiente para se mostrar útil.

A Verizon Wireless é uma joint venture da Verizon Communications e da Vodafone.

(Reportagem de Sinead Carew)