Analistas veem crescimento estável para Yahoo após reorganização

segunda-feira, 14 de maio de 2012 09:37 BRT
 

14 Mai (Reuters) - A saída do presidente-executivo do Yahoo e a resolução de uma disputa com um investidor envolvendo proxy podem abrir caminho para que a problemática empresa tenha um crescimento estável, segundo analistas.

No domingo, o Yahoo informou que o diretor de mídia global, Ross Levinsohn, ocupará a presidência-executiva de forma interina, após renúncia de Scott Thompson, acusado de forjar o currículo com uma formação que não possuía.

Levinsohn, que ganhou destaque ao comandar a unidade digital da Fox, da News Corp, é frequentemente citado como um executivo competitivo.

Thompson foi o terceiro presidente-executivo a ser substituído no Yahoo. A companhia também garantiu três assentos no conselho ao fundo de hedge liderado por Daniel Loeb.

Analistas aprovaram a indicação de Levinsohn, cuja formação é vista como essencial para que o Yahoo reforce sua oferta de mídia e melhore seus negócios com publicidade.

"Ao mesmo tempo que isso provavelmente prolonga os atuais esforços para recuperação da empresa, pode criar uma companhia mais estável e focada no futuro", disse o analista Ronald Josey, da ThinkEquity.

Para o analista Doug Anmuth, do JP Morgan, o Yahoo agora terá um conselho mais pró-ativo e próximo dos acionistas.

Ele ponderou, contudo, que as mudanças no comando e no conselho da empresa levantaram dúvidas sobre o prazo para a possível venda da participação que o Yahoo tem no grupo chinês Alibaba. Um atraso, segundo Anmuth, poderia decepcionar investidores de curto prazo.

(Reportagem de Vidya P L Nathan em Bangalore)