HP avalia cortar pelo menos 25 mil empregos--fontes

sexta-feira, 18 de maio de 2012 11:09 BRT
 

(Reuters) - A Hewlett-Packard está considerando cortar sua força de trabalho em 8 a 10 por cento, ou um mínimo de 25 mil empregos, disseram fontes familiares ao assunto à Reuters, em um momento no qual a recém-empossada presidente-executiva, Meg Whitman, tenta levar a empresa ao crescimento.

O corte de empregos, que pode incluir aposentadorias, está sob discussão, mas ainda não foi finalizado, segundo diversas fontes próximas ao assunto. Elas não quiseram revelar detalhes.

A HP, que emprega mais de 300 mil funcionários no mundo, pode anunciar as demissões já na próxima semana, quando revelar seus resultados trimestrais, segundo as fontes, que pediram anonimato porque o plano ainda não é público.

Analistas têm esperado cortes de postos de trabalhos como parte do plano da executiva para fundir as divisões de computadores pessoais e impressoras da companhia.