Executiva do Facebook evita perguntas sobre fiasco do IPO

quinta-feira, 24 de maio de 2012 11:09 BRT
 

Por Jim Finkle e Aaron Pressman

BOSTON, 24 Mai (Reuters) - Sheryl Sandberg, vice-presidente de operações do Facebook, falou a alunos da Universidade Harvard em sua primeira aparição pública desde a decepcionante oferta pública inicial (IPO) da companhia, mas não se pronunciou sobre a controvérsia que envolve a confusa estreia da empresa nos mercados, marcada por inúmeros problemas.

Em lugar disso, ela instou os alunos que se formam esta semana na escola de administração de empresas da universidade a encontrarem empregos em companhias de rápido crescimento, se comuniquem honestamente e resolvam as questões de desigualdade no trabalho.

"Precisamos reconhecer abertamente que continuam a existir problemas de discriminação sexual nos mais altos escalões", disse ela aos alunos e suas famílias, em um gramado diante da biblioteca da escola, à margem do rio Charles, em Boston. Apenas 16 por cento dos postos empresariais mais elevados são detidos por mulheres, nível semelhante ao da década passada, ela apontou.

Sheryl, que levou seus pais e seus dois filhos nessa visita à universidade em que estudou, só fez uma referência à abertura de capital do Facebook, em seu discurso. Depois de instar os formandos a usar a rede social para se manterem em contato, ela disse: "Agora somos uma companhia de capital aberto, e por isso vocês bem poderiam clicar em um anúncio ou dois quando nos visitarem".

Sheryl se recusou a falar à mídia sobre a oferta pública antes do discurso.

Ela contou à audiência que às vezes sofre de ansiedade. "Quando as coisas não se resolvem, fico um pouco ansiosa", disse Sheryl, 42, que depois da abertura de capital se tornou uma das mais ricas entre os ex-alunos de Harvard. "Ninguém nunca me acusou de excesso de calma".

Ela conversou e posou para fotos com dezenas de estudantes, depois do discurso. Diversos contaram que estavam sendo contratados pelo Facebook. "Vejo você em alguns meses", disse ela a um aluno.

As ações do Facebook fecharam a 32 dólares na quarta-feira, 16 por cento abaixo do preço de oferta inicial, em 18 de maio. O lançamento foi prejudicado por problemas nos computadores da Nasdaq e demanda baixa dos investidores.

O Facebook e o Morgan Stanley, banco organizador da subscrição, são alvo de um processo aberto na quarta-feira por investidores que alegam que a companhia escondeu suas projeções de lucro enfraquecidas antes da abertura de capital.

Sheryl Sandberg se formou em Harvard em 1991 e obteve um MBA pela universidade em 1995.