EUA investigam ZTE por venda ao Irã de produtos embargados

sexta-feira, 25 de maio de 2012 18:03 BRT
 

Por Steve Stecklow

WASHINGTON, 25 Mai (Reuters) - O Departamento de Comércio dos Estados Unidos está investigando a fabricante chinesa de equipamentos de telecomunicações ZTE por supostamente vender ao Irã produtos de computação embargados pelos Estados Unidos.

A investigação foi lançada após reportagens da Reuters em março e abril de que a ZTE assinou contratos para embarques de hardware e software avaliados em milhões de dólares de algumas das mais conhecidas empresas de tecnologia da América para a Telecommunication Co of Iran (TCI) e para a unidade de um consórcio que a controla junto com o regime iraniano. O TCI é a maior operadora de telecomunicações do Irã.

"Estamos acompanhando isso agressivamente", disse uma autoridade do Departamento de Comércio. Os investigadores já se encontraram com representantes da ZTE.

Um porta-voz da ZTE, sediada na China, não quis comentar o assunto.

Os fabricantes americanos, que incluem Microsoft, IBM, HP, Oracle e Dell -entre outros- têm dito que não tinham conhecimento dos contratos iranianos.

A autoridade do Departamento de Comércio afirmou que não há evidências de que companhias americanas foram cúmplices nas transações.

As empresas norte-americanas não quiseram comentar sobre a investigação ou não responderam aos pedidos de entrevista.