América Móvil lança oferta por operadora holandesa KPN

terça-feira, 29 de maio de 2012 13:38 BRT
 

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - A América Móvil, gigante de telefonia móvel controlada pelo bilionário mexicano Carlos Slim, lançou uma oferta por uma maior participação na operadora holandesa de telecomunicações KPN, num movimento do magnata para uma maior presença na Europa.

A companhia mexicana, que já tem uma participação de 4,8 por cento na KPN, quer aumentar a fatia para até 27,7 por cento.

A América Móvil, que atravessa uma fase com poucos ativos na América Latina disponíveis para aquisição, informou nesta terça-feira que vai pagar 8 euros por cada uma das 325 milhões de ações da KPN que quer comprar dos atuais acionistas da empresa.

Mais cedo neste mês, quando a América Móvil anunciou intenção de aumentar sua participação, a companhia holandesa afirmou que a oferta subavaliava a empresa. A oferta é avaliada em 3,25 bilhões de dólares.

Se bem sucedida, a oferta poderá dar à América Móvil lugares no conselho supervisor da KPN e presença na Alemanha, onde a KPN tem tentado há anos fundir sua unidade E-Plus com a O2 Germany, unidade da Telefónica.

A oferta da América Móvil é válida até 27 de junho e pode ser prorrogada, informou a empresa.