Nokia rebate Google em nova disputa sobre patentes

sexta-feira, 1 de junho de 2012 11:17 BRT
 

HELSINQUE, 1 Jun (Reuters) - A Nokia rebateu a acusação do Google de que a fabricante finlandesa de celulares e a Microsoft fazem conluio sobre propriedade intelectual.

"Embora ainda não tenhamos visto a queixa, a sugestão do Google de que a Nokia e a Microsoft estão agindo em conluio sobre direitos de propriedade intelectual é equivocada", declarou o porta-voz da Nokia, Mark Durrant, em e-mail nesta sexta-feira.

"Ambas as companhias têm seus próprios portfólios e estratégias e operam independentemente", acrescentou.

Durrant também disse que alguns dispositivos que rodam a plataforma Android, do Google, tinham "significantes problemas de infrações" de propriedade intelectual relacionados a patentes da Nokia.

Na véspera, o Google acusou a Microsoft e a Nokia de conspirarem para usar patentes contra rivais da indústria de smartphones e disse que entrou com uma queixa formal na Comissão Europeia.

Segundo a empresa de buscas na Internet, a Microsoft e a Nokia transferiram 1.200 patentes para a Mosaid, uma entidade que busca ganhar dinheiro ao tomar ação legal contra violações de patentes.

A Nokia e a Microsoft operam em smartphones que concorrem com os dispositivos Android.

As acusações do Google ressaltam a acirrada competição no negócio de telefonia móvel, em que as companhias, incluindo a Nokia, lutam para reafirmar direitos de propriedade intelectual sobre tecnologias móveis.

A Microsoft disse mais cedo que a queixa antitruste do Google sobre o setor de smartphones era uma "tática desesperada" de uma companhia que controla mais de 95 por cento dos segmentos de busca e anúncios móveis.

(Por Tarmo Virki)