Huawei diz não ter fornecido tecnologia banida dos EUA ao Irã

terça-feira, 5 de junho de 2012 15:51 BRT
 

5 Jun (Reuters) - A Huawei disse nesta terça-feira que seu contrato de serviços prestados com a MTN Irancell, uma operadora de telefonia celular iraniana, não envolve equipamentos norte-americanos proibidos.

A Reuters noticiou na segunda-feira que as exigências incluídas no contrato da MTN Irancell incluíam suporte para equipamentos de fabricação externa. "Isso inclui itens em embargo", declara o contrato.

Um porta-voz da Huawei, que venceu o contrato, Ross Gan, disse nesta terça-feira que o acordo fiscal com a MTN Irancell não contém esse trecho. "Nem todos os termos e condições da versão preliminar de um contrato são mantidos no documento final", disse. A Huawei não mencionou isso em seus comentários à Reuters antes da publicação.

De acordo com uma fonte próxima à questão, a MTN Irancell obteve equipamento embargado da Sun por meio de uma empresa iraniana chamada Fakour. O site da Fakour lista tanto a MTN Irancell quanto a Huawei como clientes de seu "departamento de serviços Fakour Sun Microsystems".

Gan disse nesta terça-feira que a "Huawei nunca cooperou com a Fakour" e que o site da Fakour está "incorreto". Gan não respondeu a um pedido de comentários sobre a Fakour antes da publicação desta matéria.

(Reportagem de Steve Stecklow)