HTC reduz previsão de receita após venda menor em maio

quarta-feira, 6 de junho de 2012 13:54 BRT
 

TAIPÉ, 6 Jun (Reuters) - A fabricante taiuanesa de smartphones HTC reduziu sua projeção de receita trimestral, citando vendas abaixo do esperado para a Europa e atrasos nos Estados Unidos, enquanto o desempenho na China está acima do previsto.

A quinta maior fabricante mundial de smartphones começou a decepcionar no segundo semestre do ano passado, quando seus produtos não acompanharam a onda do iPhone, da Apple, e do Galaxy, da Samsung, após suas vendas terem ficado quatro vezes maiores após um ano e meio, a partir de 2010.

Nesta quarta-feira, a companhia reduziu a estimativa de receita para o segundo trimestre fiscal em 13,3 por cento, para 91 bilhões de dólares taiuaneses (3,03 bilhões de dólares).

"A desaceleração está maior na Europa do que nos EUA", disse o vice-presidente financeiro Chia-Lin Chang, em teleconferência, destacando a situação macroeconômica e o aumento da concorrência na região.

Nos EUA, a empresa vem sofrendo com o atraso das vendas de dois novos modelos de smartphones.

"Mas as vendas na China estão melhores que o esperado; esperamos que a China contribua com um percentual significativo da receita no atual trimestre", afirmou o executivo.

Também nesta quarta-feira, a HTC informou que as vendas consolidadas em maio somaram 30 bilhões de dólares taiuaneses (1 bilhão de dólares), queda de 26 por cento sobre o mesmo mês do ano passado e ligeiramente abaixo de abril.

(Por Clare Jim)