Acer minimiza chances de sucesso da Microsoft em hardware

quinta-feira, 21 de junho de 2012 14:14 BRT
 

Por Paul Sandle

LONDRES, 21 Jun (Reuters) - A Acer, a quarta maior fabricante de computadores pessoais do mundo, minimizou as chances de a Microsoft tornar-se uma rival à Apple ao decidir montar seus próprios dispositivos, e pediu que seu parceiro de software mantenha o foco em seu novo sistema operacional.

A Microsoft anunciou nesta segunda-feira que vai projetar e vender seus próprios tablets "Surface", que contarão com seu sistema Windows 8, e concorrer com a Apple e o Google em dispositivos que estão avançando cada vez mais no mercado de computação.

A gigante do setor de software deixou fabricantes de PCs "no escuro", segundo fontes, e marcou uma radical mudança de direção de sua antes próxima colaboração com parceiros de hardware.

Oliver Ahrens, vice-presidente sênior da Acer e presidente para a Europa, Oriente Médio e África, disse que a Microsoft estava tentando copiar parte da estratégia da Apple, mas acrescentou ter dúvidas de que isso dará certo.

"Não acho que será bem sucedido porque não se pode ser um participante do segmento de hardware com dois produtos (hardware e software)", disse ele em uma entrevista, acrescentando que a Microsoft também terá que adaptar sua marca para concorrer com a Apple.

"A Microsoft está trabalhando com duas dúzias de vendedores de PCs no mundo todo, incluindo os locais, enquanto a Apple está sozinha e pode mais ou menos fazer o que quer", disse ele. "A Microsoft é a componente de um sistema de PCs. Um componente muito importante, mas mesmo assim um componente".

Ele também mostrou preocupação de que a Microsoft desviará recursos para construir uma marca de equipamentos ao consumidor e operação de varejo, e que isso vá tirar seu foco de garatir que o Windows 8 seja um sucesso para a indústria de PCs.

"Ao invés de elevar a experiência ao usuário para o Windows 8 (...) eles abriram um novo campo de batalha", disse ele.