Samsung investiga celular Galaxy que pegou fogo na Irlanda

sexta-feira, 22 de junho de 2012 11:13 BRT
 

SEUL, 22 Jun (Reuters) - A Samsung Electronics anunciou que estava investigando informações de que um de seus celulares inteligentes Galaxy S III, o principal modelo da companhia, havia explodido dentro do carro de um usuário, na Irlanda.

A Samsung lançou a versão mais recente do Galaxy S, o mais forte rival do iPhone, da Apple, em 29 de maio na Europa, e quinta-feira nos Estados Unidos. Planeja lançar o modelo em seu lucrativo mercado de origem, a Coreia do Sul, na segunda-feira.

Um consumidor de Dublin postou comentários e fotos sobre o incidente em um site na quarta-feira, contando que seu Galaxy havia "explodido" quando acoplado ao painel de seu carro. Escreveu que estava dirigindo quando "subitamente chamas brancas, fagulhas e fumaça começaram a sair do telefone".

"Não há confirmação de que tenha sido um defeito do celular. A causa pode na verdade ter sido uma combinação do suporte em que o montei no painel e o sistema de aquecimento do carro", ele acrescentou.

Já houve outros relatos de superaquecimento em celulares Samsung. Em março, um estudante sul-coreano informou que a bateria sobressalente de seu Galaxy S II havia explodido dentro de seu bolso. A Samsung afirmou que a causa havia sido pressão ou força externa esmagadora.

Na sexta-feira, a companhia afirmou que ainda estava investigando o incidente na Irlanda. "Nossa investigação inicial não identificou defeito no celular, mas conduziremos nova investigação para determinar a causa exata do problema", disse o porta-voz James Chung, acrescentando que o resultado das investigações pode ser divulgado já na semana que vem.

(Por Miyoung Kim)