EUA "examinam" agência da ONU por fornecer equipamentos ao Irã

quarta-feira, 4 de julho de 2012 16:18 BRT
 

Por Emma Farge

GENEBRA, 4 Jul (Reuters) - Os Estados Unidos disseram nesta quarta-feira que estavam examinado as transações de uma agência da Organização das Nações Unidas com países que são alvo de sanções após documentos mostrarem que a Organização Mundial de Propriedade Intelectual (WIPO, na sigla em inglês) forneceu equipamentos de tecnologia da informação ao Irã.

A WIPO, que é sediada em Genebra e tem 185 membros incluindo o Irã, enviou equipamentos de TI a autoridades iranianas, de acordo com correspondências entre a WIPO e a agência iraniana que lida com propriedade intelectual datada de agosto de 2010 e fornecida à Reuters por uma fonte próxima à WIPO.

Sanções da ONU aprovadas em 2008 para coibir o desenvolvimento do polêmico programa nuclear iraniano proíbem o fornecimento, venda ou transferência de uma série de materiais e tecnologia ao país. O Irã também é alvo de embargos muito mais rígidos dos Estados Unidos e da União Europeia.

"Realizamos vários inquéritos relativos ao secretariado da WIPO e solicitamos qualquer documentação relacionada a esse caso. Recebemos vários documentos de projetos e estamos no processo de examiná-los", disse o porta-voz da missão dos Estados Unidos em Genebra, David Kennedy.

"Também estamos trabalhando com países de opinião semelhante para pressionar o diretor-geral (da WIPO), (Grancis) Gurry, a conduzir uma investigação independente e externa sobre projetos antigos da WIPO em países que são afetados por sanções do Conselho de Segurança da ONU".