12 de Julho de 2012 / às 12:58 / em 5 anos

Vendedores chineses oferecem iPhone 5 antes da própria Apple

Por Melanie Lee

XANGAI, 12 Jul (Reuters) - A Apple ainda não lançou a nova versão do iPhone, mas vendedores oportunistas no Taobao, a maior plataforma de comércio eletrônico da China, já estão aceitando pré-venda, com direito a fotos e supostas especificações técnicas.

O tão aguardado iPhone 5 deve ser lançado entre agosto e outubro deste ano, embora a Apple venha mantendo sigilo sobre o aparelho. Fontes afirmaram que o smartphone terá tela maior que os modelos anteriores, e a imprensa taiuanesa noticiou que o software de reconhecimento de voz Siri teria funções mais poderosas.

Vendedores que operam no Taobao, uma subsidiária do Alibaba Group, estão aceitando encomendas do iPhone 5, em alguns casos exigindo depósitos de mil iuans (160 dólares) para o novo celular. Um deles, que começou a aceitar pré-encomendas nesta semana, está pedindo todo o pagamento adiantado, em um total de 6.999 iuans (1,1 mil dólares).

Vendedores do Taobao que a Reuters contatou afirmaram que planejam comprar o iPhone 5 em Hong Kong ou nos Estados Unidos e vendê-lo em seguida na China continental.

Os produtos da Apple muitas vezes estão disponíveis em Hong Kong antes do que na China continental.

Os vendedores não deram uma data específica de entrega.

A atividade de pré-encomenda tem forte adesão apesar do mistério quanto ao iPhone 5 e destaca a forte demanda por produtos novos da Apple na China.

A Apple não confirmou as especificações, detalhes ou preços do novo iPhone, mas os boatos não param de surgir na Internet, acompanhados por fotos e desenhos de supostos protótipos do iPhone 5 e por especulações intermináveis sobre as especificações técnicas e funções.

A Apple não respondeu ao pedido de comentário.

“A demanda está alta. Ontem, uma pessoa encomendou dois aparelhos. Já temos duas dúzias de encomendas no total”, disse um vendedor do Taobao.

Um dos vendedores postou uma lista de 17 possíveis recursos do novo iPhone 5 e incluiu o percentual de chance de estarem presentes no novo modelo. De acordo com ele, por exemplo, o iPhone 5 tem 20 por cento de chance de oferecer capacidade biométrica.

A Apple, que recentemente fez acordo para encerrar a disputa sobre a marca iPad com uma empresa de tecnologia de Shenzhen, anunciou na terça-feira que lançaria o novo iPad na China em 20 de julho.

A Apple tem cinco lojas na China continental e planeja abrir unidades em Chengdu e Shenzhen, duas grandes cidades, de acordo com autoridades chinesas.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below