TIM diz cumprir metas de qualidade da Anatel

quinta-feira, 12 de julho de 2012 16:30 BRT
 

RIO DE JANEIRO, 12 Jul (Reuters) - A TIM Participações afirmou que cumpre com rigor as orientações da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), após declarações do ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, de que a companhia precisa fazer algo para melhorar sua qualidade.

"A companhia (...) vem cumprindo e segue rigorosamente as orientações da Anatel em matéria de qualidade", disse a empresa em documento entregue à Comissão de Valores Mobiliários (CVM)nesta quinta-feira.

Depois de acenar na véspera com a eventual suspensão de novas vendas pela TIM, Bernardo disse nesta quinta que essa possibilidade "seria o último recurso". Entretanto, ele afirmou que algo precisa ser feito para melhorar a qualidade do serviço da operadora.

Antes de medidas mais duras, o ministro disse que o governo dará um prazo para a TIM resolver os problemas e diminuir as reclamações, acrescentando que a intenção não é prejudicar nenhuma empresa.

As declarações do ministro motivavam forte queda das ações da TIM na Bovespa.

Em seu comunicado, a operadora controlada pela Telecom Italia também disse que está desenvolvendo um conjunto de projetos de infraestrutura "para seguir suportando o seu crescimento e capturando as oportunidades que o mercado brasileiro oferece".

Os principais investimentos da companhia têm sido na expansão das redes metropolitanas com a instalação de cabos de fibra em 12 cidades do país. A empresa mencionou, ainda, a ampliação da cobertura e de redes de longa distância, além da instalação de cerca de 10 mil hot-spots até o fim de 2012 para conexão sem fio Wi-fi.

A TIM reiterou que segue investindo cerca de 3 bilhões de reais ao ano, nos últimos quatro anos, e que a maioria do montante é direcionado à infraestrutura.

(Por Juliana Schincariol)