Universal vai colocar a venda selos musicais da EMI--fontes

terça-feira, 17 de julho de 2012 17:00 BRT
 

Por Foo Yun Chee

BRUXELAS, 17 Jul (Reuters) - A Universal Music, da Vivendi, oferecerá vender três selos musicais da EMI, empresa que pretende adquirir, em oferta para diminuir as preocupações dos reguladores de competição da União Europeia sobre o negócio de 1,9 bilhão de reais, disseram nesta terça-feira duas pessoas familiarizadas com a questão.

A Comissão Europeia tem alertado à Universal de que seu plano de comprar o negócio de gravações musicais da EMI vai impedir significativamente a competição, sinalizando a possibilidade de veto, a não ser que ela ofereça maiores concessões, contaram à Reuters três pessoas a par do caso.

Juntas, as empresas seriam quase o dobro da rival mais próxima na Europa, e a participação mundial da Universal entre as gravadoras subiria de 26,5 por cento para 36 por cento.

A Universal vai colocar à venda selos de clássicos da EMI e de jazz e sua gravadora Virgin, afirmou uma das pessoas, que não quis ser identificada devido à sensibilidade do tema.

"A Comissão prefere que empresas inteiras sejam vendidas", disse a fonte.

O regulador da União Europeia agendou sua decisão para o dia 6 de setembro.

As estrelas da Universal incluem Lady Gaga, Rihanna e U2, enquanto o catálogo da EMI inclui The Beatles e Katy Perry.

O Citigroup, vendedor da EMI, adquiriu a gravadora da empresa de aquisições Terra Firma, quando esta deixou de pagar dívidas junto ao banco de investimento.

(Por Foo Yun Chee)