Nokia tem prejuízo menor que o esperado no 2o tri

quinta-feira, 19 de julho de 2012 08:37 BRT
 

HELSINQUE (Reuters) - A Nokia fechou o segundo trimestre com prejuízo levemente menor do que o esperado e com mais dinheiro em caixa do que o temido pelo mercado. Apesar disso, a companhia perdeu mercado para a Apple e Samsung Electronics.

As ações da Nokia dispararam até 10 por cento após a divulgação dos resultados. Os papéis acumulam perda de quase 80 por cento desde fevereiro de 2011, quando a companhia desistiu de sua própria plataforma de software para smartphones para trabalhar com sistema Windows.

A companhia teve prejuízo por ação ajustado de 0,08 euro, ante uma previsão média do mercado de perda de 0,09 euro. A posição líquida de caixa no fim do trimestre era de 4,2 bilhões de euros (5,2 bilhões de dólares), ante previsão do mercado de 3,7 bilhões.

"Após uma série de más notícias que não chegava ao fim, esses resultados dão uma ponta de esperança para a Nokia", disse o analista Nick Dillon, da Ovum.

Nos três primeiros meses até junho, todas as grandes agências de classificação de crédito rebaixaram para "junk" os bônus da Nokia, que fez dois alertas de lucro e avisou que planejava cortar 20 por cento dos postos de trabalho.

A companhia já foi a maior fabricante mundial de celulares, mas demorou para ingressar com força no mercado de smartphones e ficou muito atrás da Apple e Samsung no segmento mais rentável do segmento.

A companhia finlandesa aposta na linha de celulares Lumia, que usa o sistema da Microsoft, mas os aparelhos fizeram relativamente pouco sucesso entre os consumidores, que estão preferindo modelos da Apple e os que executam o Android, do Google.

A Nokia vendeu 4 milhões de celulares com Windows no segundo trimestre, apenas parte dos 30 milhões de iPhones que a Apple deve vender e 50 milhões de smartphones Android da Samsung.