Teles ainda não apresentaram planos completos, diz Anatel

sexta-feira, 20 de julho de 2012 13:27 BRT
 

Por Leonardo Goy

BRASÍLIA, 20 Jul (Reuters) - Nenhuma operadora de telefonia celular que sofreu restrição de venda de novas linhas apresentou, até o momento, um plano completo de melhoria de qualidade dos serviços, afirmou nesta sexta-feira em coletiva de imprensa o superintendente de serviços privados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), Bruno Ramos.

Ramos reuniu-se quinta e sexta-feira com representantes das três empresas que sofreram suspensão de vendas: Tim Participações, Oi e Claro.

Segundo ele, na segunda-feira a TIM e a Claro devem apresentar uma primeira versão do plano exigido pela agência para suspender as punições. A Oi deve ter uma nova reunião com a Anatel segunda ou terça-feira.

Ramos reuniu-se nesta sexta com representantes da Oi. Ele classificou a reunião como "estratégica". "Mostra que a empresa está interessada em cumprir o alinhamento de qualidade que a Anatel exige".

O superintendente acredita que, com a implementação dos planos de melhoria por parte das teles, a qualidade de rede deverá ter melhorias em cerca de seis meses.

Segundo ele, somente após as empresas entregarem os planos de investimentos e melhorias, no começo da semana que vem, é que será possível estimar o prazo para que a Anatel analise e aprove ou não os projetos.

A suspensão das proibições só acontecerá com a aprovação dos planos.

Segundo Ramos, também na semana que vem a Vivo, que não teve vendas suspensas, mas precisa apresentar um plano de investimentos, deverá se reunir com os técnicos da Anatel para apresentar sua proposta.   Continuação...