Ações do Facebook recuam pressionadas por resultados da Zynga

quinta-feira, 26 de julho de 2012 14:33 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - As ações do Facebook tombavam mais de 5 por cento nesta quinta-feira, antes da primeira divulgação de resultado trimestral da rede social como companhia aberta. A cotação era atingida por fracos resultados da Zynga e pela perspectiva sombria que a produtora de jogos fez para o próprio negócio.

Enquanto as ações do Facebook mostravam queda de 5,4 por cento às 13h15 (horário de Brasília), a 27,7 dólares, os papeis da produtora de jogos despencavam quase 40 por cento.

"Considerando que a Zynga tem um IPO recente, é mais uma mancha para Wall Street. Você faz o IPO e vai se queimando várias vezes", disse Joe Saluzzi, cofundador da Themis Trading.

Os resultados da Zynga "não estão criando boa confiança no setor, já que elas (empresas de mídia social) certamente são relacionadas umas com as outras", acrescentou.

O destino das duas empresas está entrelaçado, com os jogos da Zynga, como "FarmVille" e CityVille", sendo responsáveis por mais de 10 por cento da receita do Facebook no ano passado.

No fim da quarta-feira, a Zynga cortou a própria previsão de desempenho em 2012 e os resultados da companhia vieram abaixo das projeções de Wall Street. Uma série de corretoras cortou o preços-alvo para a ação da companhia nesta quinta-feira, lançando uma série de incertezas sobre a publicação dos números do Facebook após o fechamento dos mercados.

O mercado de opções previu nesta semana um movimento de alta ou queda de 14 por cento nas ações do Facebook após os resultados. Isso significa que os investidores estão esperando que a ação possa subir a até 32 dólares na sexta-feira ou cair para 24 dólares.

Desde os IPOs, as ações do Facebook e da Zynga têm mantido uma espiral de baixa. O Facebook estreou cotado a 28,45 dólares em maio e a Zynga, a 9,50 em dezembro --neste caso, quase o dobro do preço atual.

Apesar do declínio, as ações de Facebook e Zynga ainda negociam a múltiplos bem acima de seus valores de mercado. A cotação da ação do Facebook equivale a cerca de 70 vezes o lucro, segundo dados da Thomson Reuters. Uma análise da Thomson Reuters StarMine definiu o valor intrínseco do Facebook a modestos 9,72 dólares por ação, ou cerca de 30 por cento do valor atual, baseado em estimativas do crescimento projetado pela companhia para a próxima década.

Mais cedo nesta semana, analistas mostraram que estão esperando, em média, que a receita do segundo trimestre cresça 28 por cento, para 1,15 bilhão de dólares.