Jogador suíço de futebol é expulso após tuíte racista

segunda-feira, 30 de julho de 2012 16:16 BRT
 

Por Karolos Grohmann

LONDRES, 30 Jul (Reuters) - O jogador de futebol suíço Michel Morganella foi expulso da Olimpíada de Londres nesta segunda-feira por enviar uma mensagem que a delegação suíça considerou "gravemente insultante e que violou" a dignidade da Coreia do Sul depois da derrota de seu time para os sul-coreanos por 2 x 1 no dia anterior.

"Como membro da missão olímpica suíça, ele discriminou, insultou e violou gravemente a dignidade da seleção de futebol da Coreia do Sul e de seu povo", disse o chefe da delegação, Gian Gilli, aos repórteres.

O futebolista de 23 anos é o segundo atleta a ser eliminado por conta de um tuíte racista.

A saltadora tripla grega Paraskevi Papachristou foi descartada de sua delegação na semana passada, dois dias antes do início dos Jogos.

Na mensagem da manhã de segunda-feira, com algumas sílabas misturadas, Morganella disse: "Eu soco vocês, sul-coreanos, vão arder..."

O resto da mensagem foi considerado suficientemente ofensivo pela delegação suíça para mandar Morganella de volta para casa.

Gilli, que só leu um comunicado em alemão e não respondeu perguntas, disse que os comentários de Morganella foram uma violação direta dos códigos de ética do Comitê Olímpico Internacional (COI) e da deleção suíça.

"Como consequência de seu comportamento, e depois de conferenciar com a Associação Suíça de Futebol, Michel Morganella terá sua credencial olímpica e qualquer futura participação na Olimpíada revogadas imediatamente."   Continuação...

 
Michel Morganella da Suíça é fotografado durante partida contra o Gabão nos Jogos Olímpicos de Londres. Morganella foi expulso dos Jogos Olímpicos de Londres nesta segunda-feira por enviar uma mensagem racista no Twitter depois que seu time perdeu para a Coreia do Sul, informou a equipe suíça. 26/07/2012 REUTERS/Nigel Roddis