Roper compra empresa de software para laboratórios por US$1,4 bi

segunda-feira, 30 de julho de 2012 15:49 BRT
 

30 Jul (Reuters) - A Roper Industries, uma companhia industrial diversificada norte-americana, anunciou que vai adquirir a Sunquest Information Systems, uma companhia de capital fechado que produz software para laboratórios e diagnósticos, por cerca de 1,4 bilhão de dólares em dinheiro.

A Roper, cuja gama altamente diversificada de produtos inclui sistemas de diagnóstico médico e científico por imagem, produtos de rádio-frequência e equipamentos de teste de fluidos, espera que a Sunquest se beneficie de condições de mercado favoráveis tais como o envelhecimento da população e a necessidade de reduzir os custos da saúde.

"Um dos motivos para que as ações da companhia tenham se sustentado nos últimos meses é que as pessoas esperavam uma transação considerável em algum momento de 2012, e isso a Roper realizou", disse Mark Douglass, analista da Longbow Research.

Brian Jellison, presidente-executivo da Roper, anunciou em teleconferência com analistas que a empresa vinha negociando com a Sunquest desde 2010.

"Crescimento, lucros elevados, receita recorrente mais ou menos estável, a falta de necessidade de investimentos de capital --era isso que a Roper queria", disse Douglass.

Jellison afirmou que a Sunquest tem duas vezes a margem Ebitda da Roper. Ele acrescentou que dois terços das receitas da companhia adquirida têm base recorrente.

A Roper anunciou que espera que a transação adicione de 12 a 14 centavos de dólar no lucro por ação desde ano, e cerca de 75 milhões de dólares na receita dos quatro meses finais de 2012.

"Isso vai elevar em mais de 35 por cento a receita do segmento médico e científico no ano que vem", disse Jellison aos analistas.

A companhia elevou sua projeção de lucro em 2012 para entre 4,84 e cinco dólares por ação, ante projeção anterior de entre 4,75 e 4,91 dólares.

A Sunquest, sediada no Arizona, era controlada pelos grupos de private equity Huntsman Gay Global Capital e Vista Equity Partners.

(Reportagem de Sagarika Jaisinghani em Bangalore)