TIM vê solução de bloqueio a vendas nos próximos dias

terça-feira, 31 de julho de 2012 13:10 BRT
 

RIO DE JANEIRO, 31 Jul (Reuters) - A TIM espera para os "próximos dias" uma resolução de sobre o bloqueio de vendas de planos móveis, apesar dos recentes reveses enfrentados pela operadora.

Em um momento no qual se concentra em refinar seu plano de qualidade já apresentado à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) --que suspendeu as vendas da TIM em 18 Estados e no Distrito federal em julho--, a operadora espera que, se tudo acontecer como o planejado, os eventos recentes não terão impacto significativo no segundo semestre.

"A gente espera que com esse plano a gente tenha uma liberação nacional das vendas nos próximos dias", afirmou o diretor de operações da TIM, Lorenzo Lindner, em teleconferência com jornalistas nesta terça-feira.

Segundo o executivo, ainda é cedo para avaliar os efeitos das sanções da Anatel, mas a operadora está confiante de que alcançará suas metas para 2012, principalmente com previsões de melhoria macroeconômica na segunda metade do ano.

"Se as coisas evoluírem conforme nossas expectativas, conforme nosso entendimento do plano que a gente apresentou pra Anatel, a gente espera que o impacto disso não seja material para o segundo semestre", afirmou o executivo.

A TIM anunciou na segunda-feira lucro líquido de 346,8 milhões de reais no segundo trimestre de 2012, menor do que os 350 milhões de reais registrados um ano antes e abaixo da média das projeções de analistas coletadas pela Reuters.

Às 13h03, a ação da companhia despencava mais de 5 por cento, a 8,61 reais, enquanto o índice de referência Ibovespa caía 1,11 por cento.

(Por Sérgio Spagnuolo)