Ações do Groupon despencam diante de menores compras no site

terça-feira, 14 de agosto de 2012 14:17 BRT
 

14 Ago (Reuters) - As ações do Groupon caíam mais de 25 por cento nesta terça-feira, para a menor nível da companhia, diante do receio dos investidores com o desaquecimento das compras coletivas e com o crescimento internacional instável por causa da crise na Europa.

O Groupon cresceu rapidamente como uma companhia privada que oferece grandes descontos em serviços locais a milhões de internautas, mas o aumento da concorrência já fez as ações perderem 75 por cento do valor desde a estreia em bolsa, no ano passado.

A companhia se junta ao Facebook e à Zynga como as grandes companhias de Internet que desapontaram os investidores após o IPO.

Pelo menos duas corretoras rebaixaram o Groupon nesta terça-feira, e seis outras cortaram o preço-alvo da ação.

O negócio de compras coletivas do Groupon estacionou e obrigou o site a se expandir para outros segmentos, como vendas de bens de consumo e serviços de leilão, que têm margens muito menores.

A receita da companhia foi de 568,3 milhões de dólares no período, enquanto analistas previam 573 milhões de dólares, de acordo com dados da pesquisa Thomson Reuters I/B/E/S.

(Por Sayantani Ghosh)