Lucro da Lenovo bate previsão; desaceleração chinesa preocupa

quinta-feira, 16 de agosto de 2012 08:11 BRT
 

HONG KONG, 16 Ago (Reuters) - O grupo Lenovo, segundo maior fabricante de computadores pessoais do mundo, registrou um lucro trimestral melhor do que o esperado, mas analistas alertam que a desaceleração da economia chinesa pode prejudicar seu desempenho.

A empresa divulgou que o lucro de abril a do primeiro trimestre fiscal chegou a 141,4 milhões de dólares, um salto de 30 por cento ante os 108,8 milhões de dólares registrados um ano antes.

O crescimento do lucro da rede foi o mais lento desde o terceiro trimestre do ano fiscal 2010/2011, quando o ritmo foi de cerca de 25 por cento, com base em dados anunciados anteriormente, devido à demanda menor em alguns mercados emergentes e na América do Norte.

Mas o resultado foi melhor do que a previsão média de 131,2 milhões de dólares em uma pesquisa com 10 analistas feita pela Thomson Reuters I/B/E/S.

A fabricante do ThinkPad, que está perto de ultrapassar a Hewlett Packard na primeira posição de PCs, deu um salto no setor global de computadores devido à política agressiva de preços, aquisições no exterior e um mercado interno em crescimento.

Estes rápidos ganhos de participação no mercado, porém, vieram às custas de margens, com os lucros crescendo em um ritmo lento por mais de um ano.

(Por Lee Chyen Yee)