Sharp pode demitir 3 mil pessoas além do anunciado, diz fonte

terça-feira, 21 de agosto de 2012 08:09 BRT
 

TÓQUIO, 21 Ago (Reuters) - A Sharp pode cortar 3 mil postos de trabalho além dos 5 mil já anunciados com a venda de duas fábricas de TV à parceira taiuanesa Hon Hai, disse uma fonte familiarizada com as negociações.

A fabricante japonesa venderá fábricas de TV na China e no México à Hon Hai, disse a fonte, confirmando uma notícia publicada pelo jornal japonês Yomiuri. Cada uma emprega 1,5 mil pessoas, acrescentou a fonte, que falou sob condição de anonimato.

A venda das fábricas é mais recente decisão da companhia deficitária para cortar custos e atender à demandas de bancos credores de que precisa para continuar solvente.

A agência Kyodo tinha noticiado no fim de semana que a Sharp estava considerando dobrar de 5 mil para 10 mil os cortes já anunciados.

"Continuamos a trabalhar para fazer a melhor aliança possível com a Hon Hai, mas ainda não decidimos vender nossas fábricas no México e na China", declarou um porta-voz da Sharp.

(Por Reiji Murai, Chang-Ran Kim e James Topham)