China Telecom compra tecnologia 3G de controladora por US$13 bi

quarta-feira, 22 de agosto de 2012 11:04 BRT
 

HONG KONG, 22 Ago (Reuters) - A China Telecom, menor das três operadoras de telefonia móvel da China, disse que irá adquirir infraestrutura de rede 3G de sua controladora por um valor inicial de 13,3 bilhões de dólares para reduzir custos futuros, o que provocou um rally nas ações da companhia.

A empresa anunciou o negócio juntamente com uma queda de 10 por cento no lucro líquido trimestral, a maior queda desde o segundo trimestre de 2010, causada por gastos maiores com subsídios de aparelhos enquanto tenta atrair mais assinantes em um mercado de um bilhão de usuários.

"Por mais que tenhamos uma previsão positiva em relação às perspectivas de longo prazo da CT, acreditamos que gastos maiores com marketing e subsídios de aparelhos irão afetar as margens de lucro a curto prazo," disse o analista do BNP Paripas, Alen Lin, em comunicado antes da divulgação dos resultados. Ele disse que o comentário permanece válido após a divulgação do relatório.

"Acreditamos que a mudança para dispositivos como iPhone 4S irá melhorar o perfil do usuário da China Telecom a longo prazo, em detrimento de maior rentabilidade a curto prazo" disse o comunicado.

A operadora disse que vai adquirir os ativos da CDMA de sua companhia controladora, a estatal China Telecom Corp, por uma quantia inicial de 84,6 bilhões de iuans (13,3 bilhões de dólares). Atualmente, a CT aluga o serviço de banda larga da controladora, o que geraria um custo maior com o aumento do número de assinantes.

Em comunicado, a companhia disse que o valor da negociação poderia chegar a 87 bilhões de iuans, sem incluir 30 bilhões de iuans em responsabilidade de dívida. O valor final do acordo pode passar de 117 bilhões de iuans. Ainda assim, analistas dizem que o cenário é mais barato que o esperado. Antes do anúncio, eles esperavam um acordo de 126 bilhões de iuans.

(Por Twinnie Siu e Lee Chyen Yee)