Apple diz que decidiu "com muita relutância" processar Samsung

segunda-feira, 27 de agosto de 2012 11:43 BRT
 

Por Poornima Gupta

SÃO FRANCISCO, 27 Ago (Reuters) - A Apple decidiu levar aos tribunais a briga por patentes só depois de pedir várias vezes à Samsung Electronics que deixasse de copiar os produtos del, afirmou o presidente-executivo Tim Cook

"Optamos por uma ação judicial com muita relutância e só depois de pedir repetidamente que a Samsung deixasse de copiar nosso trabalho", declarou Cook em memorando interno a que a Reuters teve acesso.

Cook mandou essa mensagem aos funcionários na noite de sexta-feira, após uma vitória decisiva da Apple sobre a Samsung na Justiça dos Estados Unidos.

Um júri de nove pessoas concluiu que a companhia sul-coreana havia copiado características importantes do iPhone e do iPad e a condenou a pagar 1,05 bilhão de dólares em indenização à Apple.

A vitória da Apple é um grande revés para o Google, já que os produtos da Samsung usam o software Android. O veredicto abre caminho para a Apple abrir processos de patente contra outros fabricantes de aparelhos que rodam o Android.

"Aplaudimos os jurados por concluírem que a Samsung agiu deliberadamente e enviarem uma clara mensagem de que roubar não é certo", declarou o presidente.

A decisão, que especialistas consideram uma das mais importantes em patentes, acontece um ano depois de Cook ter assumido a presidência da Apple, em decorrência da morte de Steve Jobs.

A Samsung ressaltou que o veredicto do tribunal californiano "não foi a palavra final sobre o caso ou sobre os processos em andamento no mundo". A Apple pedirá a proibição da venda nos Estados Unidos de produtos da Samsung que violarem as patentes da companhia.

(Por Poornima Gupta)