Índices dos EUA fecham quase estáveis; Apple tem máxima recorde

segunda-feira, 27 de agosto de 2012 18:47 BRT
 

Por Caroline Valetkevitch

NOVA YORK, 27 Ago (Reuters) - A ação da Apple atingiu uma nova máxima histórica nesta segunda-feira, amortecendo as perdas do mercado em uma sessão de baixo volume, com investidores já aguardando um importante discurso do chairman do Federal Reserve, banco central norte-americano, Ben Bernanke, na sexta-feira.

O índice Dow Jones, referência da bolsa de Nova York, recuou 0,25 por cento, para 13.124 pontos. O índice Standard & Poor's 500 teve desvalorização de 0,05 por cento, para 1.410 pontos. O termômetro de tecnologia Nasdaq subiu 0,11 por cento, para 3.073 pontos.

O papel da Apple registrou uma alta recorde de 680,87 dólares no intradia após a fabricante do iPad ganhar 1 bilhão de dólares após vencer um processo de patentes contra a Samsung. A companhia sul-coreana disse que irá recorrer contra o veredito.

A ação da Apple, companhia mais valiosa do mundo, fechou com alta de 1,9 por cento a 676,68 dólares.

As notícias derrubaram as ações do Google, já que o caso pode alterar a dinâmica do mercado de smartphones. Companhias que fazem uso do software Android, desenvolvido pelo Google, podem ter de considerar a possibilidade de realizar mudanças em seu design. O papel do Google recuou 1,4 por cento para 669,22 dólares.

Além desses movimentos notáveis no setor tecnológico, os investidores adotaram uma postura relaxada antes do discurso de Bernanke a membros da autoridade bancária em Jackson Hole, Wyoming, na sexta-feira.

As expectativas são de que o banco central norte-americano implementará algum tipo de medida no mês que vem, mas é provável que Bernanke não sacie a curiosidade dos mercados a respeito do momento em que se iniciará mais uma rodada de compras de bônus.

"O grande incentivo às bolsas de valores baseia-se na crença em que o Fed fará algo, e que Bernanke dirá em breve que está disposto a se comprometer com mais medidas de estímulo. Mas eu não acredito que ele tem uma base de apoio grande o suficiente junto ao Fed para fazê-lo, então deve haver mais correções nos mercados até então", disse o estrategista-chefe de investimentos do Subodh Kumar & Associates, Subodh Kumar.

Dados preliminares mostraram que o volume foi o mais baixo entre pregões regulares neste ano: 4,46 bilhões de ações foram negociadas na New York Stock Exchange, na Nasdaq e na Amex. A média para 2012 é de cerca de 6,6 bilhões.