Temos que manter regulação previsível em telefonia, diz Bernardo

quinta-feira, 30 de agosto de 2012 15:47 BRT
 

BRASÍlIA, 30 Ago (Reuters) - O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, afirmou nesta quinta-feira é necessário manter a "previsibilidade" regulatória em telecomunicações, a fim de permitir às empresas do setor atuarem com mais segurança.

Mas o ministro afirmou também que o governo deverá continuar a atualizar as regras do setor, como uma forma beneficiar os consumidores.

"Temos que manter a previsibilidade (regulatória)", afirmou o ministro durante discurso em evento em Brasília, acrescentando que isso não significa que as regras permanecerão como estão.

"A Anatel tem avançado em melhorias regulatórias que inegavelmente empurram o setor no rumo da modernização e das melhores práticas concorrenciais", disse, referindo-se à Agência Nacional de Telecomunicações.

Bernardo reafirmou também que a carga tributária para o setor pode ser revista, como uma maneira de fomentar novos e necessários investimentos.

"Esse peso (tributário) é um grande inibidor da oferta e do acesso aos serviços de telecomunicações --e precisamos realizar uma discussão bem articulada com os Estados para resolver isso", disse Bernardo.

"As empresas do setor, por sua vez, têm de investir cada vez mais", completou.

(Por Sérgio Spagnuolo)