Microsoft e Nokia depositam esperanças no Lumia

quarta-feira, 5 de setembro de 2012 14:07 BRT
 

Por Tarmo Virki e Sinead Carew

HELSINQUE/NOVA YORK, 5 Set (Reuters) - A Nokia e a Microsoft revelaram nesta quarta-feira o mais poderoso celular inteligente da problemática companhia europeia, quarta-feira, o que pode representar sua última grande oportunidade de reconquistar o mercado perdido para a Apple, Samsung e Google.

A maior produtora mundial de software e a companhia finlandesa que dominou por muito tempo o mercado de celulares apresentaram o novo modelo em Nova York e planejam demonstrar a figuras importantes do setor em Helsinque.

Microsoft e Nokia esperam que o novo Lumia se torne uma arma poderosa na guerra cada vez mais maior no setor de celulares.

Porém, analistas ficaram, inicialmente, menos do que impressionados com o novo dispositivo. As ações da Nokia caíram 15 por cento logo após o lançamento em Nova York, para 1,94 euro. Elas fecharam em queda de 12,95 por cento, para 1,99 euro.

O Lumia 920 e o Lumia 820, menor, vão funcionar com a versão mais recente do sistema operacional Windows Phone, que a Microsoft espera ser capaz de enfrentar o Apple iOS e o Google Android para se tornar a terceira plataforma da telefonia móvel.

Se os novos modelos não conquistarem os consumidores, o final pode estar próximo para a deficitária Nokia, o que representaria sério revés para as tentativas da Microsoft de reconquistar sua presença no mercado móvel.

O novo smartphone - que executivos consultados nesta quarta-feira consideram o principal telefone Windows, possui a tecnologia esportiva de câmera "Pureview" para reduzir a desfocagem gerada pelo movimento da mão e capacidade de carregamento sem fio.

Ele também dispõe de tecnologia de realidade aumentada que permite aos usuários ver detalhes de seu ambiente através da câmera.   Continuação...