Sharp aumenta cortes salariais para economizar US$179 milhões

terça-feira, 11 de setembro de 2012 08:56 BRT
 

TÓQUIO, 11 Set (Reuters) - A Sharp anunciou nesta terça-feira que, a partir do próximo mês, dobrará para 10 por cento o corte no salário dos diretores até setembro de 2013 e que, além da redução do bônus de verão da diretoria em 30 por cento, cortará 50 por cento do bônus de fim de ano.

A problemática fabricante de TV pediu aos sindicatos que aceitem corte salarial de 7 por cento para os demais funcionários, após a redução de 2 por cento em maio.

Segundo a Sharp, os cortes diminuirão os custos fixos para o ano fiscal até março em 14 bilhões de ienes (179 milhões de dólares).

A empresa, à espera de uma injeção de capital pela Hon Hai para garantir os empréstimos de que precisa para se manter operante, hipotecou quase todos os escritórios e fábricas que tem no Japão, incluindo uma unidade que produz a tela do novo iPhone.

(Por Miki Kayaoka)