Kodak explora alternativas para não precisar vender patentes

sexta-feira, 14 de setembro de 2012 12:43 BRT
 

14 Set (Reuters) - A Kodak disse nesta sexta-feira que pode abandonar os esforços para vender um portfólio de patentes de imagens digitais em leilão e, em vez disso, criar uma nova empresa de licenciamento para ajudar a pagar os credores em seu processo de concordata.

A venda de cerca de 1.100 patentes, que a Kodak avalia por volta de 2,6 bilhões de dólares, tem sido um elemento-chave para os planos de pagamentos de credores da companhia norte-americana, ao passo que a empresa muda seu foco de atuação de fotografias para impressão e embalagens comerciais.

Em um documento enviado ao tribunal de falências em Manhattan, Nova York, a Kodak disse que vai adiar "até nova ordem" uma audiência para aprovar a venda, que já sofreu três adiamentos e estava marcada para para 19 de setembro.

De acordo com notícias publicadas, as ofertas recebidas pelas patentes foram muito menores que o esperado pela Kodak, incluindo propostas abaixo de 500 milhões de dólares de compradores em potencial como Apple e Google.

A porta-voz da Kodad, Krista Gleason, disse que as negociações continuam "ativas" e que a empresa ainda não decidiu se vai vender ou licenciar as patentes.

(Por Jonathan Stempel)