Microsoft diz que consertou falha no Internet Explorer

quinta-feira, 20 de setembro de 2012 13:13 BRT
 

BOSTON, 20 Set (Reuters) - A Microsoft disse que consertou a falha de segurança no Internet Explorer que foi explorada por hackers para atacar alguns usuários do navegador.

Os ataques levaram o governo alemão e especialistas em segurança a alertarem as pessoas a usar outro navegador temporariamente.

A fabricante de software disse no final da quarta-feira que o reparo permanente ao navegador, usado por centenas de milhões de pessoas, seria lançado na sexta-feira. A maioria dos usuários do Microsoft Windows tem seus computadores preparados para automaticamente fazer o download dessa atualização do software.

A porta-voz da Microsoft Yunsun Wee disse em comunicado que "a grande maioria" dos usuários de Internet Explorer não foi atacada como resultado da falha de segurança.

A vulnerabilidade no Internet Explorer foi identificada na sexta-feira por um pesquisador em segurança baseado em Luxemburgo.

O Internet Explorer foi o segundo navegador mais usado no mundo no mês passado, com 33 por cento de participação de mercado, de acordo com a StatCounter. O navegador ficou logo atrás do Chrome, do Google, que teve 34 por cento de participação de mercado.

(Por Jim Finkle em Boston)