Demanda massiva faz Apple abrir segunda loja em Hong Kong

segunda-feira, 24 de setembro de 2012 09:14 BRT
 

XANGAI, 24 Set (Reuters) - A Apple abrirá no sábado a segunda loja própria em Hong Kong como resultado da grande demanda na China, anunciou a fabricante norte-americana nesta segunda-feira.

A companhia tem cinco lojas de varejo na China, seu segundo maior mercado, e planeja abrir filiais nas cidades de Chengdu e Shenzhen, de acordo com representantes do governo.

A China está perto de superar os Estados Unidos como o maior mercado de smartphones do mundo. Além de generosos subsídios que as três principais operadoras oferecem sobre os aparelhos, a demanda se beneficia de um público aficcionado por tecnologia e por produtos cada vez mais baratos.

A China apurou em agosto aumento de 1 por cento no número de assinantes de telefonia móvel, para 1,07 bilhão.

(Por Melanie Lee)