Nokia reduz preços de smartphones antes de lançar novos modelos

sexta-feira, 28 de setembro de 2012 10:53 BRT
 

HELSINQUE, 28 Set (Reuters) - A Nokia reduziu em entre 10 e 15 por cento os preços de dois de seus celulares inteligentes mais caros, na expectativa de estimular as vendas antes que novos aparelhos cheguem ao mercado em novembro.

A Nokia reduziu o preço do Lumia 800 em cerca de 15 por cento e o do Lumia 900 em 10 por cento, na Europa, de acordo com dados sobre preços de aparelhos compilados pelo grupo de pesquisa britânico CCS Insight. A companhia se recusou a comentar.

No começo do mês, a Nokia apresentou o Lumia 820 e o Lumia 920, que muitos veem como cruciais para a sobrevivência do grupo finlandês, que enfrenta dificuldades. Mas os novos modelos só chegarão às lojas em novembro, o que força a equipe de vendas da empresa a encarar desafios para promover a venda de seus aparelhos mais antigos por ainda mais um mês.

A Nokia já havia reduzido o preço do Lumia 800 em cerca de 15 por cento, no início do mês, e anunciado cortes menores nos preços de outros modelos Lumia.

A empresa, que já foi a maior fabricante mundial de celulares, ficou para trás das rivais em smartphones e acumulou prejuízo operacional superior a 3 bilhões de euros (3,86 bilhões de dólares) nos últimos 18 meses.

No começo de 2011, a companhia apostou seu futuro no software Windows Phone, da Microsoft. O Windows responde por apenas 3 por cento dos celulares inteligentes em todo o mundo, enquanto o Google Android controla dois terços do mercado e a Apple, cerca de um quarto.

Preços competitivos são considerados cruciais para a Nokia reconquistar clientes, ainda que valores não pareçam ser problema para a rival Apple.

Na Bélgica, por exemplo, mais de 10 mil pessoas se registraram para adquirir o iPhone mais recente antes que o preço local de venda fosse estabelecido.

(Por Tarmo Virki)