Após uma semana, Irã desbloqueia email do Google

segunda-feira, 1 de outubro de 2012 15:32 BRT
 

DUBAI, 1 Out (Reuters) - Autoridades iranianas permitiram a reabertura do acesso ao serviço de e-mail do Google uma semana após bloqueá-lo, disseram autoridades do governo e iranianos nesta segunda-feira.

O Irã mantém um dos maiores filtros para Internet do mundo, bloqueando acessos para dezenas de milhares de sites, com base no que eles consideram criminosos ou imorais, mas o bloqueio do GMail tem até causado queixas no Parlamento.

"O conselho sobre filtro de Internet comunicou sua ordem ao ministro das Telecomunicações, considerando a suspensão do banimento ao serviço GMail", disse Mohammad Reza Aghamiri, um dos membros do comitê, à agência de notícias Mehr.

Iranianos contatados online afirmaram que estão habilitados a acessar o GMail novamente desde domingo à noite.

Agências de notícias iranianas disseram que o bloqueio estava ligado ao vídeo anti-islã postado no site de vídeos YouTube que causou indignação ao mundo muçulmano.

O Irã bloqueou por muito tempo o YouTube, mas usuários aparentemente têm contornado tais bloqueios.

Muitos iranianos têm contornado as restrições com "rede privada virtual" (VPN, na sigla em inglês), software que faz os computadores aparecerem como localizados em outros países.

(Por Yeganeh Torbati)