Telefónica planeja abrir capital da unidade alemã O2 no 4o tri

quarta-feira, 3 de outubro de 2012 08:39 BRT
 

MADRI, 3 Out (Reuters) - A Telefónica afirmou nesta quarta-feira que espera abrir o capital da unidade alemã de telefonia móvel, a O2, no quarto trimestre e garantiu a potenciais investidores 500 milhões de euros (647 milhões de dólares) em dividendos em dinheiro no próximo ano.

A flutuação é parte dos esforços da Telefónica em reduzir seu enorme endividamento para manter o valioso rating de grau de investimento, sob ameaça diante dos problemas na Espanha.

A companhia espanhola precisa levantar de 7 bilhões a 8 bilhões de euros por ano até 2015 para cobrir o pagamento de dívida.

A operadora não informou em quanto a oferta da O2 deve resultar. Mas uma fonte do setor financeiro disse à Reuters que a empresa pretende listar entre 10 e 20 por cento do negócio, que foi avaliado em 10 bilhões de euros.

Um fonte próxima ao processo afirmou que a Telefónica planeja realizar a operação até o final deste mês.

A abertura de capital não reduzirá de forma significativa o endividamento da Telefónica, mas analistas afirmam que a operação fornecerá recursos imediatos para a companhia, que vem tendo dificuldades com as altas taxas de financiamento.

(Por Sonya Dowsett)