Projeções da HP desapontam e ações têm mínima em 9 anos

quarta-feira, 3 de outubro de 2012 15:21 BRT
 

Por Poornima Gupta

3 Out (Reuters) - A HP alertou sobre uma pior perspectiva para seus resultados de 2013 nesta quarta-feira, refletindo o lento progresso do plano de recuperação da presidente-executiva, Meg Whitman, ao mesmo tempo que enfraquecem os gastos em tecnologia.

As projeções de resultado derrubaram as ações da empresa para a mínima em nove anos.

A HP, maior companhia do setor tecnológico norte-americano em termos de receita, projeta que seu lucro cairá fortemente no ano que vem, enquanto o mercado previa resultados em linha com 2012.

Whitman, na apresentação anual da HP a investidores, culpou as várias mudanças em cargos de alto escalão nos últimos anos pela lentidão na recuperação da companhia sediada no Vale do Silício. A ação da companhia caía quase 11 por cento às 15h18 (horário de Brasília).

Ela disse que demorará até o ano fiscal de 2014 para que a recuperação da companhia torne-se visível.

"O grande desapontamento deriva do fato de que espera-se que as coisas piorem (no ano fiscal de 2013)", disse o analista Amit Daryanani, da RBC Capital Markets.

A companhia projeta lucro excluindo encargos de reestruturação e outros itens excepcionais de 3,40 a 3,60 dólares por ação no ano fiscal de 2013. A estimativa é bem menor do que a previsão média de analistas de lucro de 4,18 dólares por ação, de acordo com o Thomson Reuters I/B/E/S.