Fabricante de chips da Carlyle faz acordo para recomprar títulos

sexta-feira, 5 de outubro de 2012 11:19 BRT
 

TÓQUIO, 5 Out (Reuters) - A fabricante japonesa de chips Covalent, que a Carlyle comprou da Toshiba, fez acordo com investidores para recomprar parte dos títulos em poder deles.

Carlyle e Unison assumiram a Covalent em 2006, em um raro caso de uma empresa de private equity comprando uma bluechip japonesa. Até o fim de março, a Carlyle tinha 45,6 por cento da Covalente, e a Unison, 47,5 por cento.

Pelo acordo, a Covalent, em complicada situação financeira, comprará os títulos em circulação e estenderá o vencimento dos que continuarem no mercado em troca de maiores juros.

A companhia tinha admitido em julho não ter caixa suficiente para pagar 53,3 bilhões de ienes (679 milhões de dólares) em títulos que venceriam em fevereiro e propôs estender o vencimento. Em seguida, também propôs recomprar cada título por 76 ienes, ante valor de face de 100 ienes.

A fabricante, que vem sofrendo com a queda do preço dos chips por causa da baixa demanda, gastará 21,3 bilhões de ienes para recomprar parte dos títulos. O vencimento da dívida restante será estendido para fevereiro de 2017 em troca de maiores juros, disse a companhia.

(Por Junko Fujita)