Executivo da Zynga responsável por game de pôquer deixa empresa

terça-feira, 9 de outubro de 2012 14:49 BRT
 

SAN FRANCISCO, Estados Unidos, 9 Out (Reuters) - O executivo da Zynga responsável pela supervisão do jogo de pôquer da produtora deixou a empresa, engrossando exôdo de funcionários da companhia em meio a uma queda de receita.

A saída do ex-gerente geral do Zynga Poker Laurence "Lo" Toney, anunciada no perfil de Toney no LinkedIn na segunda-feira, acontece em um momento em que a companhia tem citado a possibilidade de apostas em dinheiro real como uma oportunidade crescimento que vale bilhões de dólares em receita anual.

A Zynga mantém o jogo de poquêr mais popular do mundo, mas vem registrando queda de receita com a perda de usuários de jogos casuais abrigados no Facebook como FarmVille e CityVille.

O jogo de poquêr da empresa usa fichas virtuais e gera uma fração da receita que seria obtida por uma versão baseada em dinheiro real, mas leis que proíbem apostas e dificuldades regulatórias nos Estados Unidos têm atingido os esforços da empresa de diversificação de receitas.

A ação da Zynga perdeu mais de 70 por cento de valor este ano ante o preço da estreia no mercado, de 10 dólares em dezembro.

Toney, funcionário da Zynga desde março de 2010, disse ao site AllThingsD que não tem planos imediatos após seu trabalho na empresa.

Outros membros que deixaram a companhia recentemente incluem o vice-presidente de operações John Schappert, o vice-presidente de criação Mike Verdu e o vice-presidente de marketing Jeff Karp.

(Por Gerry Shih)