Telebrás vê parte de complemento de rede no NE pronto em 2013

quarta-feira, 10 de outubro de 2012 16:02 BRT
 

RIO DE JANEIRO, 10 Out (Reuters) - A Telebrás espera que a maior parte de uma rede de telecomunicações que está construindo no Nordeste para complementar sua rede em áreas não atendidas esteja pronta ao final do ano que vem, afirmou o presidente da estatal, Caio Bonilha, nesta quarta-feira.

A infraestrutura, que será construída principalmente na rede de transmissão da Chesf (empresa do grupo Eletrobras), vai do Piauí até o norte de Minas Gerais, e faz parte da contrapartida a ser cedida pela estatal em um acordo de compartilhamento firmado com a TIM.

"Estimamos que até o final de 2013, se não houver nenhuma interposição do ponto de vista da concorrência, nós já tenhamos a maior parte dessa rede já desenvolvida", afirmou Caio Bonilha a jornalistas na Futurecom, evento do setor.

A empresa está no processo de constituição de um termo de referência com a Chesf, e deve dar andamento no processo em breve, com consulta pública prevista para o fim deste ano.

Os termos da licitação ainda não estão formatados e Bonilha não forneceu detalhes de quanto a rede pode custar, mas a rede vai auxiliar a empresa a fornecer capacidade em uma área pouco abastecida.

"Ela (a rede) passa no interior onde não há disponibilidade nenhuma de infraestrutura de alta capacidade", afirmou o executivo.

(Por Sérgio Spagnuolo)