Microsoft define preço de tablet Surface abaixo de iPad

terça-feira, 16 de outubro de 2012 14:31 BRT
 

SEATTLE, Estados Unidos, 16 Out (Reuters) - A Microsoft definiu o preço de seu tablet Surface abaixo de versões comparáveis do iPad, sinalizando sua intenção de brigar para conquistar participação no crescente mercado.

A maior companhia de software do mundo, que anunciou sua entrada na produção de computadores em junho, afirmou que vai vender uma versão WiFi, de 32 gigabytes (GB) de memória, do tablet por 499 dólares ante 599 dólares cobrado pelo modelo comparável do novo iPad, da Apple.

O tablet da Microsoft, que é mais comprido e ligeiramente mais pesado que o iPad, começará a ser vendido em 26 de outubro, enquanto a empresa lança o novo sistema operacional Windows 8, com recursos de comandos por toques na tela. Um número limitado de tablets estará disponível para pré-encomenda no site da Microsoft a partir desta terça-feira.

A companhia espera que o Surface, junto com tablets com Windows produzidos por outros fabricantes, desafie o dominância da Apple no segmento. A criadora do iPad tem 70 por cento do mercado de tablets.

A popularidade do iPad demoliu o mercado dos netbooks e atingiu as vendas de PCs maiores, reduzindo a participação do Windows.

Baseado em chip Nvidia projetado pela ARM Holdings, o Surface vai executar uma versão simplificada do Windows 8 que não é compatível com aplicações antigas da Microsoft.

Entretanto, o tablet terá versões novas de programas do pacote Office como o Word, PowerPoint e Excel, e vai incluir jogos do Xbox e aplicativos de vídeo e música.

O Surface, que tem duas câmeras e uma porta USB, terá conectividade apenas por WiFi. A Microsoft não fez menção sobre uma versão com recursos de telefonia móvel.

Além do modelo básico, a Microsoft também vai oferecer um modelo de 32 gigabytes equipado com uma capa que funciona como teclado por 599 dólares e uma versão de 64 GB por 699 dólares, mesmo preço da versão WiFi de 64 GB do novo iPad.   Continuação...