Alcatel-Lucent vai cortar 5.490 empregos no mundo--sindicato

quinta-feira, 18 de outubro de 2012 08:49 BRT
 

PARIS, 18 Out (Reuters) - A fabricante francesa de equipamentos de telecomunicações Alcatel-Lucent planeja cortar 5.490 empregos no mundo como parte de um plano de corte de custos anunciado em julho, disse o sindicado francês CFDT nesta quinta-feira.

O número inclui 1.430 cortes na França, de acordo com Isabelle Guillemot, representante do sindicato. "Nós estamos chocados", disse ela.

A Alcatel havia dito em julho que esperava reduções dos postos de trabalho de "cerca de 5.000" funcionários e economizar 1,25 bilhão de euros (1,64 bilhão de dólares) ao sair de mercados e contratos não rentáveis, em um esforço para enfrentar a forte concorrência e demanda fraca na indústria de equipamentos de telecomunicações.

A Alcatel-Lucent não pôde ser contatada imediatamente para comentários nesta quinta-feira.

O presidente-executivo da empresa, Ben Verwaayen, disse em julho que as demissões globais não afetariam os 26 mil funcionários da divisão de pesquisa e desenvolvimento. O grupo tem 9.000 funcionários na França.