Barclays corta preço-alvo para Microsoft antes de Windows 8

sexta-feira, 19 de outubro de 2012 11:34 BRT
 

19 Out (Reuters) - O Barclays Capital cortou o preço-alvo para a ação da Microsoft depois que a maior empresa de software do mundo apresentou uma queda maior que o previsto no lucro líquido trimestral.

Apesar disso, a maioria das corretoras mantiveram suas recomendações e preços-alvo para a ação da Microsoft antes do lançamento do sistema operacional Windows 8, descrito pelo Credit Agricole Securities como o mais completo produto no ciclo de renovação da história da empresa.

A Microsoft registrou uma queda de 22 por cento no lucro trimestral, apresentado na quinta-feira, diante de uma queda nas vendas de computadores que utilizam o Windows em um fraco mercado por PCs.

Embora a fraqueza da divisão Windows fosse esperada, a fraca performance do software de aplicativos Office e dos negócios de servidor e ferramentas foi uma surpresa, disse o analista Raimo Lenschow, do Barclays.

Lenschow reduziu o preço-alvo da ação da Microsoft de 36 para 34 dólares, mas manteve a classificação de "equal weight" (performance em linha com a média do mercado).

A ação da Microsoft terminou a quinta-feira valendo 29,5 dólares.

(Reportagem de Sruthi Ramakrishnan em Bangalore)