Cenário econômico e revolução móvel pesam no setor de tecnologia

sexta-feira, 19 de outubro de 2012 14:34 BRT
 

Por Poornima Gupta

SAN FRANCISCO, 19 Out (Reuters) - O setor móvel pode ser o futuro da tecnologia, mas em meio à proliferação mundial de aparelhos de alta potência como os celulares inteligentes e os tablets, algumas companhias enfrentam dificuldades para manter um faturamento consistente.

A decepção quanto aos resultados anunciados nesta semana pela Intel, Microsoft, Google e AMD serve para sublinhar até que ponto o Vale do Silício, tanto a velha guarda quanto a nova geração, vem enfrentando dificuldades para lucrar com o decrescente amor dos consumidores pelos velhos computadores pessoais e com sua nova paixão pelos aparelhos móveis --a mais significativa das mudanças tectônicas a acontecer na tecnologia desde o advento da Internet.

Isso é um mau sinal para as empresas que divulgarão na semana que vem e enfrentam deficiências na publicidade e serviços móveis --mais conhecidamente o Facebook, que causou tumulto ao alertar sobre expectativas exageradas quanto às suas operações móveis logo antes de sua importante oferta pública inicial de ações.

Amazon e Apple devem se sair melhor, antecipam os analistas. A Apple, que anunciará resultados na quinta-feira, vem enfrentando limitações de capacidade de produção e problemas de abastecimento, mas os analistas alegam que esses são percalços positivos, causados pela demanda muito aquecida por aparelhos móveis.

Amazon e eBay, enquanto isso, vêm conquistando êxito nos esforços para chegar aos consumidores via aparelhos móveis, especialmente a Amazon, com seus tablets Kindle Fire de baixo preço.

Mas outras empresas enfrentam dificuldades.

"As companhias estão percebendo que não é fácil encontrar uma fórmula que funcione no mercado móvel", disse Carolina Milanesi, analista da Gartner. "Operar no setor móvel não está se provando tão simples quanto alguns imaginavam".

Os sinais de que alguns dos mais inovadores entre os atuais gigantes do Vale do Silício estão enfrentando dificuldades para descobrir como faturar com os usuários de aparelhos móveis surgem em um mau momento para um setor que já vem enfrentando dificuldades devido ao ambiente macroeconômico deteriorado.   Continuação...

 
Funcionário demonstra o novo Kindle Fire HD durante evento da Amazon em Santa Mônica, Califórnia. O setor móvel pode ser o futuro da tecnologia, mas em meio à proliferação mundial de aparelhos de alta potência como os celulares inteligentes e os tablets, algumas companhias enfrentam dificuldades para manter um faturamento consistente. 06/09/2012 REUTERS/Gus Ruelas