Lexmark supera estimativas, espera fechar vendas atrasadas

terça-feira, 23 de outubro de 2012 16:13 BRST
 

Por Sruthi Ramakrishnan

23 Out (Reuters) - A fabricante de impressoras Lexmark publicou resultados melhores do que o esperado no terceiro trimestre devido a encargos menores relativos a reestruturação e disse que suas margens cresceram à medida que a companhia transferiu seu foco para softwares e digitalização de imagens.

A Lexmark está no meio de um processo de mudança de direção, com o qual pretende abandonar a fabricação de impressoras de jato de tinta pouco rentáveis em busca de operações corporativas.

As vendas contraíram 11 por cento no trimestre, e a companhia projeta outro declínio de 10 a 12 por cento no quarto trimestre, com sua transição estratégica prejudicada por um mercado fraco no setor tecnológico, particularmente na Europa.

Mas sua ação chegou a subir 4 por cento na bolsa de valores de Nova York, já que a companhia anunciou um salto nas margens de lucro bruto de 37,4 por cento no ano passado para 40 por cento, e disse que espera recapturar algumas das grandes vendas atrasadas no terceiro trimestre.

"Na América do Norte, embora estejamos desapontados pelo fato de que muitas transações grandes não foram concluídas no trimestre, a maioria das quais acreditamos ter sido atrasadas e não perdidas", disse o vice-presidente financeiro da Lexmark, John Gamble, em teleconferência.

"Esperamos que elas sejam fechadas nos próximos trimestres", disse.

A Lexmark praticamente não lucrou no trimestre, frente a um lucro de 67 milhões de dólares ou 0,86 dólar por ação no ano anterior.

Mas excluindo itens não recorrentes, a companhia lucrou 0,94 dólar por ação, superando as expectativas de analistas de lucro de 0,78 dólar por ação com receita de 911,6 milhões de dólares. A receita, de 919 milhões de dólares, também superou expectativas.