Chinesa ZTE tem prejuízo líquido de US$310 mi no 3o tri

quinta-feira, 25 de outubro de 2012 11:00 BRST
 

HONG KONG, 25 Out (Reuters) - A ZTE divulgou um prejuízo líquido trimestral de 1,95 bilhão de iuans (310 milhões de dólares), o primeiro desde sua abertura de capital em Hong Kong em 2004, com margens afetadas, projetos atrasados e mudanças contábeis na China.

A quarta maior fabricante de telefones celulares no mundo e quinta maior produtora de equipamentos de telecomunicações havia anteriormente avisado que seu prejuízo trimestral podia ser de até 2 bilhões de iuans --oito vezes o seu lucro no primeiro trimestre.

O aviso provocou uma queda de 16 por cento no preço de suas ações em 15 de outubro, um corte auto-imposto de 50 por cento no pagamento a executivos e alertas da agência de classficação Fitch.

No terceiro trimestre de 2011, a ZTE teve um lucro líquido de 299 milhões de iuanes.

"As coisas devem melhorar a partir daqui, em termos de rentabilidade e margens. Temos que observar se o negócio de equipamentos de telecomunicações no exterior se recupera", disse o analista Michael Li, da Everbright Securities.

Mais cedo no mês, a ZTE atribuiu sua previsão de perda para o terceiro trimestre a alguns projetos internacionais de telecomunicações e a um alto número de contratos de baixas margens na Europa e na Ásia, mas disse esperar fechar o ano com lucro.

O lucro líquido para o fechado do ano é esperado em cerca de 642 milhões de iuans, segundo previsão de uma pesquisa da Reuters com 11 analistas desde o alerta de lucro de meados de outubro.

A ZTE concorre com Ericsson, Alcatel-Lucent SA e Nokia-Siemens no fornecimento de equipamentos para operadoras de telecomunicações.

(Lee Chyen Yee)